quarta-feira, 27 de maio de 2015

Reportagem

O papel da internet nos negócios

​ Diversos são os usos da internet feitos pelos empresários e microempresários. Seja para divulgar, buscar informações ou capacitação, o fato é que utilizar esse meio de comunicação ajuda muito a melhorar a qualidade dos negócios.
Todos sabem que, hoje em dia, estar conectado é uma necessidade básica para qualquer um. Se para as pessoas isso já é quase uma exigência o que dirá para as empresas. E não é só das grandes que estamos falando. Os números comprovam isso também em relação aos pequenos negócios, ou seja, para as micro e pequenas empresas brasileiras, o acesso à internet já atinge quase a totalidade delas.
De acordo com pesquisas realizadas pelo SEBRAE, 92% desses empresários usam a internet. Isso quer dizer que, quando comparado ao acesso feito pelo conjunto da população brasileira, os empreendedores se mostram bem mais conectados. A constatação é feita considerando os dados do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (CETIC.br) que indicam que 59% da população utilizam a web.
Mas isso não é tudo. Também no celular os donos de pequenos negócios batem um bolão. O uso da internet nos telefones também supera a média da população brasileira. Enquanto metade dos empresários usa seu telefone móvel para se conectar, apenas 31% da população do país fazem o mesmo.
Em outras palavras, isso que dizer que a internet é uma importante ferramenta utilizada pelos donos de pequenos negócios, seja para se capacitar ou para divulgar seus produtos e serviços. Utilizar esse meio de comunicação ajuda muito a melhorar a qualidade dos negócios. E isso é confirmado pela maioria dos empresários que usam a internet.
Para esses empreendedores e empresários, os principais motivos que os levam a utilizar a rede mundial de computadores são o uso do e-mail, a pesquisa de preços e de fornecedores, serviços financeiros e compras de insumos. Ou seja, é uma ferramenta que atende aos principais processos de qualquer empreendimento.
A importância dessa ferramenta é tão grande que os empresários a utilizam mais para os negócios que para outras finalidades. Estudos e pesquisas realizados pelo SEBRAE apontam a média de 20 horas semanais para assuntos ligados ao negócio contra 12 horas para outras atividades.
A internet também tem se tornado um importante canal de capacitação. Ainda de acordo com o SEBRAE, quase metade dos empresários têm interesse em fazer cursos pela internet. Em média, eles dispõem de cinco horas por semana para essa finalidade. E, como se sabe, ser dono de empresa implica também o desafio de se manter qualificado e atualizado. A boa gestão requer conhecimento e competência e, para isso, é preciso estar capacitado. O grande dever de casa é encontrar tempo e disponibilidade para isso. A boa qualificação do empreendedor favorece a criação de novas empresas, aumentando também a taxa de sobrevivência delas.
Seja qual for o motivo, o fato é que a internet se incorporou à vida do empreendedor e aos negócios de tal maneira que hoje é quase impossível ficar sem ela. As transações online e as facilidades oferecidas pelos dispositivos mobile conectados à internet trazem o cliente para perto da empresa como jamais aconteceu. Portanto, atenção dobrada e bons negócios.
 
Autor: EducarBrasil

1 comentários: